Featured

5 cursos online para fazer nas férias

Hoje, mais do que nunca, dispomos da tecnologia ao nosso favor. E por que não aproveitá-la para nosso crescimento e conhecimento? Enquanto para muitos as férias do meio do ano são dias de descanso e ociosidade, muitos aproveitam esse tempo livre para fazer cursos online de curta duração. É uma boa opção para quem tem pouco tempo disponível e não quer se deslocar até uma escola.

Além disso, o que não faltam são opções de cursos nas mais diversas áreas, e que podem melhorar seu curriculum e trazer novas habilidades para seu cotidiano.

5 Cursos para você fazer nas férias
5 Cursos para você fazer nas férias

Fotografia

Nunca se fotografou e se divulgaram tantas imagens como nos dias de hoje. E o que é um mero hobby pode ser tornar uma profissão. E de nada adianta ter os melhores equipamentos fotográficos sem conhecer algumas técnicas básica para fotografar.

Seja para o fotojornalismo ou para a cobertura de eventos, é de extrema importância dominar as técnicas analógicas e digitais de fotografia, e também desenvolver habilidades de tratamento de imagens.

Social Midia

Todas as atividades sociais e profissionais já foram absorvidas pela internet. E é claro que a concorrência acirrada entre as empresas foi parar na web. Um curso de Mídias Sociais vai capacitá-lo para abordagens estratégicas, planejamento e monitoramento das redes sociais coorporativas e é uma área profissional em plena expansão, já que o marketing digital tornou-se indispensável para as empresas.

Turismo e Hotelaria

O Brasil é – e sempre será – atrativo para o turismo. Temos os destinos mais variados para os brasileiros que querem conhecer as diferentes regiões do país, para estrangeiros que vêm em busca dos nossos famosos cartões postais e, com o crescimento econômico de nosso país também nos colocou na rota do turismo de negócios. A capacitação na área de hotelaria e turismo oferece grandes chances de sucesso profissional.

Línguas

Falar um segundo idioma, em breve, não será mais um diferencial, mas sim fará parte da rotina de trabalho de inúmeras áreas profissionais. O inglês, por exemplo, já é pré-requisitos até em vagas de estágio. Mas muita gente vai além e procura idiomas mais específicos para enriquecer o curriculum, como o mandarim, alemão, francês, japonês, etc.

A maioria deles é oferecido online e também existem sites que agrupam estudantes de língua do mundo todo para praticar um novo idioma. É possível até ajudar alguém que está aprendendo o nosso português.

Web Design

Quase todo mundo quer ou precisa de uma página na internet, mas não são todos que têm o conhecimento necessário para criá-las. O web designer é o profissional responsável por todo o aspecto visual dessas páginas e também pelo seu desenvolvimento. Aprender a lidar com códigos, imagens e as ferramentas que permitem a criação de um site podem render um bom dinheiro.

MEC divulga informações para os exames dos próximos anos

Confirmado pelo Ministério da Educação a declaração do ministro José Henrique Paim, não será criada uma segunda prova anual do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foi anunciado em 2009, pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, a aplicação de duas provas do Enem em um mesmo ano.

Se você deseja ingressar no ensino superior é preciso já ter concluído o ensino médio, para isso, basta realizar o Exame do Encceja que fornece o diploma de conclusão do ensino fundamental para jovens a partir de 15 anos e diploma do ensino médio para jovens a partir de 18 anos. Se algum desses for seu caso, se inscreva hoje mesmo!

A Página do Participante Encceja é utilizada para realizar a inscrição, para ter acesso a informações do programa, como edital, provas, resultado, e muito mais. Sendo assim, é importante que você entenda como a página funciona.

Em maio de 2011, uma portaria foi publicada no Diário Oficial da União definindo que, a partir de 2012, o exame teria duas edições por ano. As provas do primeiro semestre ocorreriam em abril e as do segundo, em novembro. Em fevereiro de 2012, no entanto, a portaria foi revogada.

Também foi descartado pelo sucessor de Haddad no Ministério da Educação, Aloizio Mercadante, a realização dos dois exames enquanto esteve à frente da pasta. Na última segunda-feira (3) Paim assumiu o cargo e destacou no seu primeiro discurso o compromisso da pasta com a formação de professores e disse que continuará expandindo o Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Novo Regulamento para Declaração de Rendimentos da RF

Agora que você já entendeu o que é a tabela IRPF, é hora de saber como fazer a declaração e quem deve declarar o Imposto de Renda 2020 Acompanhe o passo a passo abaixo para compreender melhor todo o procedimento:

Tabela IRPF

  • Passo 01. Comece baixando o programa oficial para declarar – idg.receita.fazenda.gov.br. Quem declarou no ano anterior, pode apenas atualizar o programa já existente seguindo para menu Ferramentas – Verificar Atualizações.
  • Passo 02. Na primeira página do programa você deverá escolher entre as opções: importar dados da declaração anterior ou começar uma nova declaração.
  • Passo 03. Depois disso, escolha “Declaração de Ajuste Anual”, e inclua o seu CPF para começar a sua prestação de contas. Prossiga escolhendo entre o modelo com desconto de 20% (limitado a R$ 16.754,34), ou completo, para se usar as deduções legais.
  • Passo 04. Feita essa introdução, é hora de preencher os campos com as informações necessárias. Você deverá acessar as abas, e preencher aquilo que está de acordo com a sua situação.
  • Passo 05. Inclua seguro desemprego, rescisão contratual, e quaisquer outros valores que tenham entrado em seu rendimento.
  • Passo 06. Depois disso, vá para o “Resumo da Declaração” e depois o “Cálculo do Imposto”. Clique para enviar e guarde o comprovante.

Conheça a tabela IRPF 2020 para não ter descontos indevidos, e entenda os valores restituídos. E caso tenha ficado com algum tipo de dúvida, deixe o seu comentário logo abaixo e aguarde nossa resposta.

Prazo

Para que o contribuinte fique ligado, o prazo IRPF costuma ser divulgado com muita antecedência, além de ser uma informação muito divulgada. Caso você seja o perfil que acompanha noticiários, possui acesso à internet ou mantém contato com outras pessoas, com certeza vai ficar sabendo disso de alguma forma.

Desde 2018, que o prazo começou a ser contado no primeiro dia do mês de março, com o prazo máximo finalizado no dia 30 de abril, as 23h59. Ou seja, o período de tempo para o IRPF foram dois meses exatos.

O contribuinte que não cumprir com este período estipulado pelo IRPF 2020, está correndo riscos a multas. No ano de 2018 a multa mínima declarada foi de R$ 165,74 (cento e sessenta e cinco e setenta e quatro centavos) com taxa máxima de 20% do imposto devido. No fim de tudo, e é um bom dinheiro perdido.

Cuidados para não ter seu Bolsa Família cancelado

O Bolsa Família é um dos programas mais importantes que se tem no Brasil, já que ele garante com que milhares de brasileiros tenham uma renda mínima para garantir uma qualidade de vida que seja razoável.

Assim, mais de 30 milhões de brasileiros são atendidos por esse programa, para que dessa forma, eles consigam sobreviver em regiões com poucas oportunidades de trabalho e de negócios.

Pela importância que esse programa possui na vida de milhares de pessoas, é preciso tomar um grande cuidado para que ele não seja cancelado, já que esse programa tem uma importância vital para a sobrevivência de milhares de famílias, por todo o Brasil.

Dessa maneira, alguns cuidados básicos devem ser tomados, já que a fiscalização em cima de fraudes e quebras de regras do Bolsa Família tem sido cada vez maior, inclusive por órgãos estaduais que ajudam o Governo Federal a ter esse controle mais especifico em cima desses pagamentos.

Quais cuidados se deve tomar para manter a Bolsa Família

É preciso atenção as regras do programa, para não ser surpreendido com a perda dessa bolsa e consequentemente com um baque nas finanças. Assim, um primeiro aspecto que deve ser sempre observado, é manter os filhos na escola.

A fiscalização do Governo tem sido cada vez mais rígida, conseguindo detectar, por meio de uma rede de contatos que ficam nas próprias escolas de todo o Brasil, quem são os alunos que estão frequentando a aula e quem está evitando esse tipo de situação.

Caso um aluno seja pego fora da escola, o direito ao Bolsa Família é imediatamente cancelado e você não consegue se readequar rapidamente ao sistema, ficando sem acesso ao calendário Bolsa Família por algumas semanas.

Outro aspecto de fundamental importância a respeito dos cuidados que se deve ter para não se perder a oportunidade de participar desse programa, é a questão de manter toda a sua documentação em dia.

Isso quer dizer que quando o Governo solicitar os seus dados e também os documentos da família, é necessário apresentar todos esses itens, para que o benefício seja renovado e você não tenha que arcar com um prejuízo, por algo que pode ser facilmente evitado.

Um terceiro cuidado para manter a Bolsa Família é informar corretamente o seu endereço, já que os cartões e todos os comunicados chegam pelos correios, assim, se existe algo que você necessite mudar, será pelo correio que você será notificado, assim, mantenha sempre o endereço da sua casa atualizado para que não se perca nenhuma informação importante a respeito desse programa.

Por fim, um último aspecto para se prestar atenção a respeito da manutenção das datas do Bolsa Família, é que as vacinas dadas aos seus filhos estejam sempre em dia. Já que, caso alguém análise a carteira de vacinação e ela não estiver completa, você perde o direito a esse benefício por descumprir uma das regras mais básicas que ele possui.

Livro digital de Matemática é utilizado por 38 escolas estaduais de SP

Matéria mostra o que é e como montar o Conselho Tutelar. Entrevista com Charles Roberto, do Conselho Tutelar dos Direitos da criança e do Adolescente.

Abertura do programa fala da primeira Constituição brasileira, cujo aniversário é celebrado em 25 de março.

Matéria fala do Estatuto da Criança e do Adolescente. Entrevista com a assessora do Instituto de Estudos Sócioeconômicos (INESC), Jussara de Goiás.

Deu no jornal – Programa Identidade com o Futuro, do jornal Correio Braziliense, leva jornais de graça para as escolas. Entrevista com Cida gracês, coordenadora do programa.

O MEC faz de tudo para que o estudo do país melhore. Sendo assim, criou o Caderno do Aluno, para que os jovens possam intensificar seus estudos  e aprender cada vez mais.

Através do programa de aprendizado São Paulo, os alunos podem ter acesso as respostas Caderno do Aluno 2019.

O ouvinte João Batista de Oliveira, de Alvorada do Oeste, em Rondônia, reclama da situação da escola onde seus dois filhos estudam. Entrevista com o secretário municipal de Educação, Eugênio Luiz.

Matéria apresenta resultados da primeira reunião do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Educação (Consed). Entrevista com o presidente do Consed, Ramiro Wahrhaftig.

Luiz Alberto responde cartas de ouvintes.

A Secretaria de Educação Especial do Mec quer promover a integração dos portadores de deficiência nas escolas públicas. Existem 200 milhões de crianças portadoras de deficiência em todo o mundo. No Brasil são 8 milhões. Entrevista com a secretária de Educação Especial, Marilene Ribeiro dos Santos.

Grupo de Contadores de História é criado por professora aposentada, Therezamaria Lucíola Campos, para incentivar as crianças a ler.

Quadro A Palavra É. Entrevista com a diretora da Escola estadual de 1o Grau em Cuiabá, Mato Grosso, Ana Maria do Couto. A Escola tem 1.100 alunos de 1a a 4a série.

Luiz Alberto fala da vida e obra do escritor Jorge Amado. Entrevista com Zélia Gattai.

Projetos de educação podem receber aporte financeiro

Fundo de Desenvolvimento da Escola (Fundescola) vem desenvolvendo o Programa pela Justiça na Educação (EJE), com apoio da Fundação Airton Senna, do Ministério da Educação e Banco Mundial. O juiz Maurício Porfírio, em entrevista à repórter Graça Araújo, fala do último encontro realizado em Goiânia e sobre o projeto Escola de Circo, que vem sendo desenvolvido pela promotoria de Justiça das Varas da Infância e da Juventude para retirar crianças e adolescentes das ruas e incentivá-los a frequentar a escola. O próximo encontro do EJE será entre os dias 2 e 5 de setembro, em Teresópolis, Rio de Janeiro.

Se você deseja ter melhores oportunidades na vida, inclusive profissionais, deve estar sempre buscando conhecimento e realizando cursos, para te ajudar financeiramente em relação a isso, existe o programa Educa Mais Brasil, que oferece bolsas de estudos de até 70% para auxiliar no pagamento de mensalidades.

Outra oportunidade de bolsas de estudos para cursos é o Quero Bolsa 2019, o qual é 100% confiável e possui diversos parceiros. Para se inscrever é só acessar o site do programa.

Abertura – A música “Coisinha do Pai” está em Marte.

O Prasem, programa de Apoio aos Secretários Municipais de Educação, promovido pelo Fundescola, será realizado entre os dias 20 e 23 de agosto nas cidades de Recife, Aracaju e Salvador. Os secretários de educação dos estados de Pernambuco, Sergipe e Bahia não podem deixar de participar. Informações nas coordenações estaduais do Fundescola ou pelo telefone (61) 316-2975. Repórter: Juliana Nunes.

Izabel Flor de Freitas tem 14 anos é ouvinte do Escola Brasil e mora numa fazenda entre a Bahia e Minas Gerais. Apesar de gostar muito de ler e estudar, ela não frequenta a escola, pois recebe a educação dos pais em casa. E educação de qualidade, a julgar pela carta que escreveu. Para alguns educadores este tipo de ensino é válido, mas de acordo com o Ministério da Educação, frequentar a escola é fundamental para a formação da criança como cidadão. A repórter Waleria Pereira conversou sobre o assunto com o professor da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília, Renato Hilário e com o Diretor do Departamento de Política de Educação Fundamental do MEC.

Curiosidade – Existem cerca de 20 mil espécies de abelhas e a rainha põe entre 2 mil e 3 mil ovos por dia. O zangão fecunda a rainha e as operárias cuidam dos ovos. Picadas de abelhas podem provocar até a morte em pessoas alérgicas.

Visita a locais históricos – Luiz Alberto vai participar de uma excursão por alguns pontos históricos localizados na redondeza da Fazenda Matinha com os sobrinhos dele e com os alunos da escola. Luiz conversa com o professor Francisco dos Reis Filho, que dá aula de matemática e geometria na Escola Municipal Santos Dumont, em Sabará, Minas Gerais. O professor Francisco está empolgando os alunos com aulas muito interessantes e passeios por locais históricos. Texto: Fernando Lopes.

Toque Musical – O editor Paulo José Cunha comenta a música Na Asa do Vento, de João do Vale.

– Dia do Patrimônio Histórico

– Sábado, 18 de agosto, Dia Mundial da Fotografia

Datas de pagamento do Imposto Automotivo no Rio

Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores, mais conhecido como IPVA.  A essa cobrança tem como principal objetivo arrecadar dinheiro sobre os automóveis para a realização de manutenção de estradas e rodovias.

A criação dessa cobrança surgiu pela Emenda Constitucional nº 27 de 28/11/85, e deu competência aos Estados a sua instituição. O IPVA foi criado para substituir a antiga cobrança conhecida por TRU (Taxa Rodoviária Única).

Todos os anos as pessoas possuem três opções para pagar o seu IPVA Rio de Janeiro que são:

Pagamento realizado em uma única parcela, logo no começo do mês de janeiro para obter desconto no valor final. O proprietário do veículo poderá escolher pagar em três vezes, no mês de janeiro, fevereiro e março. E por fim, escolher pagar no último mês (março) o valor integral.

Se você mora no estado do Rio de Janeiro e quer saber a tabela de datas para o pagamento do IPVA desse ano de 2019, indicamos que confira abaixo todos os detalhes.

Tabela de pagamento de acordo com informações do DETRAN-RJ:

– Final da placa e datas para pagamento:

0:

– 22/01;

– 20/02;

– 18/03.

1:

– 26/01;

– 23/02;

– 20/03.

2:

– 28/01;

– 25/02;

– 24/03.

3:

– 30/01;

– 27/02;

– 26/03.

4:

– 03/02;

– 02/03;

– 01/04.

5:

– 05/02;

– 04/03;

– 06/04.

6:

– 09/02;

– 06/03;

– 08/04.

7:

– 11/02;

– 10/03;

– 10/04.

8:

– 13/02;

– 12/03;

– 14/04.

9:

– 19/02;

– 16/03;

– 16/04.

Essa tabela foi criada para a organização das pessoas, valendo lembrar que é essencial fazer o pagamento nas datas corretas para não perder o benefício do parcelamento.

Caso tenha dúvidas sobre o valor que está sendo cobrado ou queira ter um atendimento especializado acesse o site www.detran.rj.gov.br, ou ligue para os telefones de contato que são (21) 3460-4040 / 3460-4041. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira das 6h às 24h, e aos sábados das 8h às 18h.

Saiba que essa tabela é para o pagamento do IPVA de 2019 para os moradores do estado do Rio de Janeiro. Outras localidades poderão ter datas diferenciadas, e para ter acesso, indicamos que acesse o site do DETRAN da sua cidade.

Como Ingressar na Universidade Pública

Cursar Medicina, sonho de milhares de jovens, novamente será para os poucos que conseguiram notas altas no Enem de 2011 ou 2010, e que puderam agora participar do Sistema de Seleção Unificada, o SISU 2020.

A nota de corte mais baixa para Medicina no Enem foi registrada pela Universidade Federal do Ceará no campus de Sobral, no interior do Estado, com 767 pontos. É ainda uma nota alta, mas vai caindo com a 2ª e a 3ª chamadas, e depois cai mais anda na lista de espera do Sisu 2020. O processo de inscrições terminou à meia-noite de sexta-feira (22/junho). Somente puderam concorrer às 30.548 vagas gratuitas oferecidas por 56 instituições federais de ensino superior quem já tinha feito o Enem em 2010 ou 2011.

No total se inscreveram 642.878 candidatos, o que dá uma média geral de 18 candidatos por vaga. Mas é claro que na prática não é bem assim. Em Medicina a disputa é sempre acima de 50 candidatos por vaga, chegando a passar de cem em muitas instituições. Nota de corte para Medicina no Enem – Seleção do Sisu, em  2020 em 22 de junho/2020 1 – UFRJ – Univ. Federal do Rio de Janeiro -> 809,83 2 – Universidade Federal de Ouro Preto -> 804,00 3 – UFRJ – Campus de Macaé – RJ -> 790,07 4 – Universidade Federal de Tocantins -> 778,91 5 – Universidade Federal de São João Del Rey -> 777,73 6 – Universidade Federal do Ceará (campus Fortaleza) -> 776,00 7 – Universidade Federal do Maranhão -> 768,70 8 – Universidade Federal do Vale do São Francisco -> 768,33 9 – Universidade Federal do Ceará (campus Sobral) -> 767,00 Sua nota ainda não deu para entrar? Calma, na 2ª chamada cai bastante! Não entre em pânico antes da hora.

Muita gente ainda não entende como funciona o Sisu 2020. Cada candidato pode concorrer em dois cursos simultaneamente. Assim as notas são colocadas para disputar vaga em dois lugares. Mas na hora de fazer a opção de matrícula, só vale em um curso e em uma única universidade ou instituto federal. Isto significa que as notas de corte para Medicina no Enem vão caindo a cada nova chamada de matrícula.

Já na primeira rodada a queda é grande. A dica é você fazer uma escolha que realmente deseje. Veja uma cidade onde você consiga pagar os custos de moradia, alimentação e outros. Deixe o nome lá na lista. Não tire. Acompanhe as chamadas que vão acontecer, e entre na lista de espera. Muita gente já entrou em Medicina no Enem, por exemplo, com nota na faixa dos 720 pontos. Você pode acompanhar o Cronograma Sisu 2020 para entender melhor como funcionará o processo.

Melhore a sua nota no Enem 2020

E você, qual curso tentou agora? Como está a sua nota comparada com a nota de corte? Você já está dentro, ou vai esperar pela 2ª chamada e pelas outras? Avise aqui no blog, e iremos divulgando como estão as notas de corte nos outros cursos também. Vai tentar o Enem no final do ano para melhorar a sua nota? A dica do Blog do Enem é você fazer um curso preparatório. Tem cursos gratuitos pelo país todo, e também tem os cursos a distância. Veja AQUI no post os cursos para você escolher.

Resultados do MEC para o Sisu 2020 / 2

O balanço oficial do MEC com as inscrições do Sisu 2020 / 2 mostrou na liderança com maior número de inscritos os Estados do Rio de Janeiro (166.162), Ceará (156.343), Maranhão (105.782) e Bahia (92.120). Entre as instituições, tiveram maior procura, além da UFRJ, a Universidade Federal do Ceará (108.574 inscrições), a Universidade Federal do Maranhão (103.829 inscrições), a Universidade Federal do Paraná (80.483 inscrições) e a Universidade Federal de Ouro Preto (60.136 inscrições).